Author Archives: Dra. Karen Nunes

  • 0

Diarréia crônica funcional

As doenças gastrointestinais funcionais são definidas como combinações variáveis de sintomas gastrointestinais crônicos ou recorrentes, não explicados por anormalidades em exames complementares. Os critérios de Roma III para diagnóstico das doenças gastrointestinais funcionais são baseados em sintomas que tem em comum alterações motoras e/ou sensoriais da função gastrointestinal, e podem ocorrer em diferentes regiões anatômicas. Os sintomas ocorrem por desregulação em algum ou vários níveis do eixo cérebro-intestino, levando a uma resposta motora anormal reativa, associada a distúrbios da sensibilidade. A diarréia funcional ou diarréia crônica inespecífica da infância é uma das doenças funcionais na infância.

“Read More”


  • 0
Iceberg celíaco

Diagnóstico da doença celíaca

Category : Doença Celíaca

A doença celíaca é uma enteropatia imuno-mediada do intestino delgado desencadeada pela ingestão do glúten em indivíduos geneticamente susceptíveis. A predisposição genética da doença celíaca está relacionada ao antígeno leucocitário humano (HLA), sendo que aproximadamente 90%-95% dos celíacos apresentam o HLA-DQ2, e do restante, a maioria apresenta o HLA-DQ8.(1-4)

“Read More”

  • 0

Sintomas da doença celíaca

A forma clássica ou típica da doença celíaca é caracterizada por sintomas gastrointestinais que se iniciam geralmente entre seis e 24 meses de idade, após semanas ou poucos meses da introdução do glúten na dieta. Os sintomas da doença celíaca clássica incluem diarréia crônica, baixo ganho ou perda ponderal, distensão abdominal, dor abdominal, anorexia, vômitos, irritabilidade, palidez, diminuição do tecido celular subcutâneo e atrofia da musculatura glútea.

“Read More”


  • 0
Alimentos Alergia Alimentar

Como meu filho desenvolveu alergia alimentar?

As reações adversas aos alimentos são uma das causas mais frequentes de manifestações gastrointestinais na infância e podem ser causadas por mecanismos imunológicos (alergia alimentar) ou não imunológicos (por exemplo: intolerância à lactose, infecções virais ou bacterianas veiculadas pelos alimentos e intoxicação alimentar).

“Read More”


  • 0
APLV Sintomas

Sintomas da alergia à proteína do leite de vaca

 

A alergia a proteína do leite de vaca (APLV) é a alergia alimentar mais comum na infância, com pico de prevalência de 2% a 3% no primeiro ano de vida até 8% nos lactentes e pré-escolares. Aproximadamente 0,5% dos lactentes em aleitamento materno exclusivo também desenvolvem APLV pela passagem, através do leite materno, das proteínas do leite de vaca ingeridas pela mãe.

“Read More”